PROPOSTAS DAS CHAPAS ELEITORAIS

CHAPA 1  - UNIÃO E COMPROMISSO

 

  • Melhorar o relacionamento com os médicos, com respeito e eficiência na gestão, orientando as ações institucionais para a boa prática e o exercício ético da profissão.
  • Fomentar a informação aos médicos: atualização da legislação que interfira direta ou indiretamente no exercício profissional; divulgação dos eventos promovidos pelo CRM, CFM e demais entidades médicas; clareza na utilização dos recursos e na prestação de conta, seguindo-se os princípios da publicidade, economicidade, eficiência, legalidade, impessoalidade e moralidade, valendo-se dos recursos tecnológicos de comunicação.
  • Estabelecer contato periódico com as Escolas Médicas e promover debates sobre temas inseridos no Código de Ética Médica e em outras publicações do Conselho Federal de Medicina, com vista a uma maior aproximação com o corpo docente e discente, na área de graduação e pós-graduação.
  • Integrar com as instituições que defendem a cidadania, como a Vigilância Sanitária, o Ministério Público e a Magistratura.
  • Intensificar o relacionamento do Conselho com as autoridades competentes, visando coibir a prática ilegal da medicina.
  • Integrar com as Entidades Médicas, Sindicato dos Médicos, Associação Medica, Academia de Medicina na defesa da boa prática médica.
  • Promover fiscalizações sistemáticas aos Estabelecimentos de Saúde do Estado, na busca permanente por condições dignas de trabalho para os médicos e assistência aos pacientes.
  • Promover maior apoio aos diretores técnicos, clínicos e as comissões de ética médica dos estabelecimentos de saúde.
  • Promoveu fóruns de ética médica e de Bioética
  • Ampliar e aprimorar o Programa de Educação Médica Continuada, por meio de atividades presenciais e telemedicina.
  • Fomentar os “Aconselhandos”, modalidade de reuniões com médicos e diretores dos estabelecimentos de saúde, para esclarecer dúvidas e estimular a resolução de conflitos e dificuldades.